Mulheres & Carreira: O que a sua imagem comunica?

Por Sirlene Dalzotto - O que a sua imagem comunica? Você compartilha o seu conhecimento para inspirar e criar conexões?


Não tenho dúvida de que a credibilidade é a base para qualquer evolução na Vida e na carreira, o que pressupõe consistência e constância nos princípios que você definiu, os quais possibilitam um contexto que transmite uma marca pessoal forte!


Em que pese a marca pessoal, esta coloca alguns desafios únicos para as profissionais do sexo feminino. Não somente as pesquisas, mas principalmente a vivência corporativa, e aqui faço referência também a minha experiência, mostram repetidamente que as mulheres estão sujeitas a um fenômeno conhecido como “enigma da simpatia”, seguindo as normas de gênero que presumem uma postura mais “afetiva..” e qualquer desvio nesse sentido, em decisões mais incisivas , a conotação invariavelmente é de um comportamento fora de padrão, sendo muitas vezes criticadas e rotuladas como sendo excessivamente “agressivas”.


O branding pessoal é um incômodo para muitos profissionais – ninguém quer parecer um auto-promotor inseguro. E com o enigma de simpatia, construir relações significativas e uma forte reputação no trabalho é ainda mais desafiador para as mulheres.


Contudo, sem controlar nossa própria narrativa e mostrar ao mundo nossa possível contribuição, a probabilidade de ser notada é muito pequena. Algumas estratégias, descritas por (Dorie Clark-autora de “Entrepreneurial You”, “Reinventing You”*conteúdo Harvard Businesses Review )aumentam as chances de que nossos verdadeiros talentos sejam conhecidos, reconhecidos e apreciados para que possamos desenvolver uma marca pessoal significativa . Resumidamente são eles:


Faça networking dentro e fora da empresa: Muitos profissionais exageram no “capital de ligação” – para usar um termo popularizado pelo sociólogo Robert Putnam e investem pouco no “capital ponte”. Em outras palavras, eles têm muitas conexões parecidas com eles (trabalham na mesma empresa ou no mesmo setor) e muito poucas que sejam diferentes;


Controle sua narrativa: Ajude os outros a conhecer sua verdadeira trajetória desenvolvendo um argumento claro e conciso que explique como suas habilidades anteriores se conectam e agregam valor ao que você faz agora. Torne essa conexão explícita, em vez de esperar que os outros descubram por conta própria;


Compartilhe suas idéias publicamente : A criação de conteúdo é uma boa maneira de compartilhar suas ideias e construir uma ampla reputação positiva. Em qualquer organização há maneiras de demonstrar seu conhecimento e ajudar os outros.Por exemplo, olha que legal isso? Você pode oferecer um almoço-aula sobre um tópico que você está pesquisando, escrever para o boletim informativo da empresa, oferecer conselhos ou responder a consultas na intranet corporativa. Muitos profissionais ignoram essas oportunidades, assumindo que são distrações do “trabalho real” ou afirmando que ninguém presta atenção nelas. Mesmo que essas oportunidades não sejam populares entre seus colegas, quem está no topo quase sempre presta atenção, pois veem esses canais como veículos importantes para transferir conhecimento e compartilhar as melhores práticas.


Aprender e ensinar , é uma dinâmica que sempre agrega e potencializa resultados individuais e coletivos!

12 visualizações

Aliar Consultoria Empresarial em Gestão & Inovação/ Rio Grande do Sul

por Rabiscos Ideias Criativas

FALE CONOSCO (54) 9 9982.2448

DESIGN BY RABISCOS IDEIAS CRIATIVAS